Loja de brinquedos: como saber qual brinquedo é mais indicado para seu filho?

Loja de brinquedos: como saber qual brinquedo é mais indicado para seu filho?

Enquanto brincam, nossos filhos aprendem novas habilidades, definindo-se como indivíduos e praticando relacionamentos com os outros e com o mundo físico. 

Enquanto que isso é divertido, eles também estão descobrindo a serem eles mesmos e compartilhando experiências agradáveis. Bons brinquedos são aqueles que ajudam as crianças a fazer essas coisas, como os brinquedos educativos

Por fim, os brinquedos que os adultos decidem comprar nos contam tanto sobre eles quanto sobre as crianças para as quais estão comprando. 

Seus valores – as coisas que você acha que são importantes para seus filhos aprenderem em termos de habilidades, identidade e relacionamentos – são transmitidos na sua escolha, quer você o faça conscientemente ou não. 

É interessante dar uma olhada nos brinquedos que você coloca na cesta de compras como uma declaração sobre si mesmo.

Sempre há brinquedos novos e coloridos para escolher. Mas existem alguns brinquedos básicos que uma sala de jogos bem abastecida deve ter para estimular o desenvolvimento das crianças. 

Continue a leitura e confira algumas dicas para saber qual brinquedo é mais indicado para o seu filho! 

Dicas para escolher o brinquedo indicado para seu filho

A seguir você confere uma lista com algumas dicas importantes e que te ajudarão a refletir sobre a escolha de brinquedos para o seu filho. 

1. Escolha brinquedos que possam ser usados ​​de várias maneiras

As crianças adoram desmontar, montar, puxar, colocar, adicionar e construir. Escolha brinquedos que sejam “abertos”, no sentido de que seu filho possa jogar muitos jogos diferentes com eles. 

Por exemplo, blocos de madeira ou blocos entrelaçados de plástico podem ser usados ​​para fazer uma estrada, um zoológico, uma ponte ou uma nave espacial. 

Brinquedos como este estimulam a imaginação de seu filho e o ajudam a desenvolver habilidades de resolução de problemas e raciocínio lógico.

  • Exemplos: blocos interligados e brinquedos para brincar na areia e na água.

2. Procure brinquedos que cresçam com seu filho

Todos nós já tivemos a experiência de comprar um brinquedo com o qual nosso filho brinca por dois dias e nunca mais toca. 

Você pode se proteger contra isso procurando brinquedos que possam ser divertidos em diferentes estágios de desenvolvimento. 

Por exemplo, pequenos animais de plástico são divertidos para uma criança que pode fazer uma casa de caixa de sapatos para eles, enquanto uma criança mais velha pode usá-los para encenar uma história que ela inventa.

  • Exemplos: animais de brinquedo e bonecos de plástico, casas de bonecas para crianças, trens e caminhões basculantes (e outros veículos), bichos de pelúcia e bonecas.

3. Selecione brinquedos que incentivem a exploração e a resolução de problemas

Brincar dá às crianças a chance de praticar novas habilidades continuamente. 

Brinquedos que proporcionam a chance de descobrir algo por conta própria – ou com um pouco de treinamento – desenvolvem suas habilidades de raciocínio lógico e os ajudam a se tornar persistentes na solução de problemas. 

Eles também ajudam as crianças a desenvolver habilidades de relações espaciais (entender como as coisas se encaixam), coordenação olho-mão e habilidades motoras finas (usando os pequenos músculos das mãos e dedos).

  • Exemplos: quebra-cabeças, blocos, materiais de arte como argila, tinta, giz de cera ou massinha. 

4. Procure brinquedos que estimulem a imaginação de seu filho

Durante o terceiro ano do seu filho, sua criatividade está realmente decolando, pois agora ele é capaz de assumir o papel de outra pessoa (como um rei, por exemplo) e imaginar que algo é na verdade outra coisa (como um pedaço de bolo).

Procure brinquedos que seu filho possa usar enquanto desenvolve e representa as histórias. 

A brincadeira de fingir desenvolve habilidades de linguagem e alfabetização, habilidades de resolução de problemas e a habilidade de sequenciar (colocar os eventos em uma ordem lógica).

  • Exemplos: fantasias, blocos, comida de brinquedo e pratos de plástico, bonecos de ação, bichos de pelúcia e bonecas, trens e caminhões, casas de bonecas para crianças, ferramentas de brinquedo e acessórios da “vida real”, como um tubo de papel de embrulho “fogo mangueira ”para o seu pequeno bombeiro. 

5. Procure brinquedos que incentivem seu filho a ser ativo

Conforme as crianças vão crescendo, elas vão fazendo todos os tipos de truques físicos, pois estão ficando mais fortes e mais confiantes com seus corpos. 

Portanto, procure brinquedos que ajudem seu filho a praticar habilidades físicas atuais e desenvolver novas.

  • Exemplos: bolas de diferentes formas e tamanhos, triciclos e patinetes (com equipamento de proteção adequado), conjuntos de boliche de plástico, cesta de basquete infantil, brinquedos de puxar (por exemplo, brinquedos que seu filho pode puxar por um cordão), ferramentas de jardinagem para cavar e rastelar, caixas móveis (abertas em ambas as extremidades) para fazer túneis para rastejar. 

Conclusão

Agora que você já sabe algumas dicas para analisar as opções de brinquedos disponíveis, esperamos que elas te ajudem a escolher o melhor presente possível para o seu filho.

Lembre-se que quanto mais o brinquedo for capaz de desenvolver habilidades da criança, melhor. 

Também é muito importante que procure por brinquedos seguros e que sejam indicados para a idade do seu filho. Assim, ele se divertirá, aprenderá coisas novas e estará seguro. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X