Confira as 12 principais especializações para alunos de direito e as tendências do mercado

Confira as 12 principais especializações para alunos de direito e as tendências do mercado

Se você é da área jurídica, já deve ter percebido o quanto uma especialização em Direito é importante para aumentar suas oportunidades e ganhar destaque no mercado de trabalho. Afinal, essa área é muito abrangente, com inúmeras tendências, e exige do profissional uma atualização constante e capacitação sobre a área de sua atuação.

Uma especialização é capaz de proporcionar ao profissional melhores chances de trabalho na área desejada, uma vez que se tornará especialista e terá autoridade no assunto. 

Uma das principais maneiras de manter os estudos atualizados é investir em uma Pós-Graduação depois do término do curso.

Se você já é graduado, mas ainda não sabe qual segmento seguir, não se preocupe! Confira as 12 principais atualizações no Direito e as tendências do mercado. 

Os 12 principais cursos de especialização em Direito

1 – Direito Civil e Processual Civil

O Direito Civil é, talvez, a área mais antiga, que tem como objetivo regular os códigos de direitos e deveres em meios privados, bem como em contratos e em obrigações individuais. 

A especialização aprofunda mais os conhecimentos nessa área, uma vez que pontua conceitos específicos dessa segmentação. 

2 – Direito penal e Processo Penal

Essa especialização contempla seus respectivos códigos e legislações específicos que incluem a promoção da cidadania e da garantia de direitos e democracia.

Os Direitos Penal e Processual Penal abrangem uma ampla gama de infrações e delitos complexos, como furto, roubo, assassinato e tráfico de drogas, além de outros temas polêmicos, como os de ordem financeira, corrupção e aborto.

3 – Direito do Trabalho

Com constantes mudanças nos direitos sociais relacionados ao trabalho e a seguridade social, como as formas de contratação e novas formas de trabalho, o Direito Trabalhista é uma área que passa a ser cada vez mais complexa.

Nesse ramo jurídico, é estudado as relações de trabalho, composto de conjuntos de normas, princípios e outras fontes jurídicas que regem essas relações, regulamentando a condição jurídica dos trabalhadores. 

Além disso, os advogados que atuam nessa área podem representar tanto os proprietários quanto os funcionários, especialmente quando há questões sindicais e previdenciárias envolvidas.

4 – Direito Digital

Para quem pretende se especializar nessa área do direito, esse ramo tem como objetivo regulamentar as questões ocorridas no meio digital. 

Com a expansão da internet, essa segmentação tornou-se cada vez mais necessária para o estabelecimento de leis, ferramentas e estratégias digitais relacionadas a essa nova tecnologia jurídica. 

5 – Direito Eleitoral

Os profissionais especializados nessa área têm profundo conhecimento nas questões de decisões políticas, assim como em seus processos. 

Dessa maneira, o Direito Eleitoral habilita o profissional a trabalhar em situações ligadas às eleições e políticos em geral, tanto de forma consultiva quanto contenciosa.

6 – Direito Administrativo e Gestão Pública

A especialização em Direito Administrativo e Gestão Pública, como o próprio nome já diz, engloba um conhecimento aprofundado em questões administrativas e de gestão pública.

Assim, o curso tem como objetivo tornar especialistas não somente em questões jurídicas, mas também associadas ao atendimento público em diversos contextos.

7 – Direito da Criança e Adolescente

O curso tem como proposta capacitar o profissional para atuar no ramo do direito das crianças e dos adolescentes. Uma das perspectivas dessa área que vem ganhando força é a do trabalho com menores infratores, que necessita de um estudo aprofundado para a extensa compreensão do processo de inclusão democrática e emancipadora que os indivíduos em desenvolvimento que estão nessa situação demandam.

8 – Direito de Família e Sucessões

O fenômeno familiar, como a exemplo o próprio conceito de família, abrange uma multiplicidade de fatores comportamentais que vão se transformando com o tempo. É uma evolução constante do entendimento jurídico e social da família e dos seus impactos na sociedade.

Dessa forma, o especialista nessa área atuana aplicação do Direito às relações familiares, com uma série de regulamentações que vão desde a organização, a estrutura e a proteção do indivíduo como integrante de um núcleo familiar até a convivência entre os seus membros.

9 – Direitos Difusos e Coletivos

Essa especialidade tem como finalidade capacitar o profissional a garantir o acesso aos direitos que são, ou deveriam ser, de todos os cidadãos.  

10 – Direito Ambiental e Urbanístico

Esse ramo de atuação tem por objetivo aplicar leis que busquem a preservação, a conservação e a proteção dos ecossistemas, além de condenar ações que prejudiquem a natureza.

Conservar o meio ambiente é um dos desafios da atualidade, já que o crescimento industrial e de outros setores da economia podem gerar um grande impacto nos recursos naturais, muitas vezes, podendo ser irreversíveis. 

Em razão disso, crescecada vez mais a necessidade de profissionais que atuem nessas situações e busquem alternativas para reduzir os impactos destas práticas na sociedade.

11 – Direito Agrário e do Agronegócio

O Brasil é um dos principais produtores de commodities provenientes do agronegócio em todo o mundo, sendo também o agronegócio o principal setor produtivo do país.

E o Direito Agrário e do Agronegócio é o ramo jurídico responsável por lidar com todas as questões relacionadas a esse setor, como a organização das pessoas e dos bens envolvidos na aquisição das atividades agrárias, além de posse e propriedade de imóveis rurais.

Pensando nesse contexto, cresce cada vez mais a demanda por especialistas que possam entender as legislações relacionadas ao setor agrário.

12 – Advocacia Corporativa

A advocacia corporativa tem se destacado nas empresas, pois são os profissionais especialistas nessa área que atuam orientando seus clientes de forma preventiva, objetivando reduzir riscos legais e garantindo o cumprimento da lei e das políticas.Assim, mantendo a empresa sempre alinhada à legislação vigente. 

Muito além das questões jurídicas, o advogado corporativo precisacompreender o mundo dos comércios e negócios de mais variados segmentos, assim como empreendedorismo e economia.

As tendências do mercado em Direito

Com o avanço da tecnologia e o surgimento de ferramentas digitais para advogados, muitos escritórios físicos passaram a oferecer o serviço de consulta advogado online. 

Essa nova tendência jurídica vem recebendo cada vez mais destaque e configura novas oportunidades para advogados e escritórios, além de ser um grande aliado das necessidades modernas, levando soluções inovadoras e ágeis para seus clientes, uma vez que uma consulta a um advogado poderá ser feita sem nem precisar sair de casa.

Porém, na medida em que mais escritórios migram para o meio digital, a ascensão de serviços jurídicos na internet torna-se bem mais concorrida. E é aí que o Marketing jurídico online entra como outra tendência do mercado de direito.

O advogado precisa contar com uma boa estratégia de marketing jurídico online para se destacar na internet. 

Para aqueles que ainda não investiram nesse meio virtual, ainda é tempo. E com certeza, acompanhar essa tendência pode trazer mais entusiasmo financeiro e sucesso no futuro. 

Dê o primeiro passo na sua carreira!

O mercado jurídico em 2021 requer adaptação, domínio, sabedoria e visão estratégica. E é a especialização que vai preparar você para ser um excelente advogado.

Esperamos que este artigo ajude você a trilhar um caminho profissional de sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X