Quais as medidas de segurança no trabalho de transportes

Quais as medidas de segurança no trabalho de transportes

A atividade de transporte de cargas é um empreendimento de grande demanda no Brasil. Devido ao vasto território do Brasil, temos um dos maiores fluxos de mercadorias entre as regiões do país. Esse tipo de transporte é principalmente rodoviário, e precisa ser entregue com a condição de garantir a segurança do transporte de cargas.

Este trabalho apresenta alguns desafios para empresas que gerenciam sistemas logísticos e motoristas que percorrem longas distâncias. Isso ocorre porque roubo de carga, acidentes rodoviários e más condições das estradas são exemplos de possíveis problemas.

Portanto, é necessário compreender as estratégias e procedimentos a serem adotados a fim de minimizar os danos no transporte de mercadorias.

Se você não está familiarizado com o assunto, ou deseja saber dicas relevantes, preparamos este artigo, que contém 5 medidas principais para garantir a segurança no transporte de cargas. Se você deseja aprender mais sobre as medidas de segurança, indicamos que você faça um Curso NR 11

Vamos lá?

1. Sempre tenha um bom gerenciamento de riscos

Primeiramente, sempre devemos fornecer a segurança do transporte de carga e desenvolver um plano de gerenciamento de risco que seja eficaz. Afinal, sabemos que, nesse tipo de serviço, muitas vezes existem frustrações que podem levar à perda de produtividade da frota.

Como, por exemplo, dentro desta estratégia, você irá estudar sobre a rota mais adequada que o motorista deverá seguir com o objetivo de evitar problemas como roubo de carga e acidentes rodoviários. Com isso, será possível realizar fretes com maior segurança e eficiência.

2. Faça a manutenção preventiva nos caminhões

Os caminhões são a principal ferramenta para esse tipo de trabalho. Portanto, sua operação e eficiência afetam diretamente a produtividade e eficiência do transporte de cargas, bem como a segurança da carga e do motorista.

Portanto, a manutenção regular do caminhão deve ser realizada, pois a falha do sistema mecânico do veículo pode causar grandes problemas – seja para cumprimento de prazos, seja para a segurança da carga e do motorista.

Imagine, por exemplo, um caminhão em um determinado trecho de seu percurso, por falta de revisão do veículo e componentes do motor danificados. Se o incidente ocorrer em uma estrada com alto índice de furto, pode afetar a entrega da mercadoria.

Devido à tendência de roubo, também põe em risco a segurança dos caminhoneiros. Além disso, os danos aos veículos nas rodovias também são uma das maiores causas de acidentes e bloqueios de estradas.

Portanto, o sistema mecânico deve ser inspecionado regularmente. Crie um calendário de serviço para que você possa sempre manter seu caminhão seguro. Nesse processo, existem alguns itens importantes que precisam ser verificados.

Veja os principais:

  • Sistema de travagem; 
  • O status de reparo do pneu; 
  • Sistema de suspensão; 
  • Filtros de ar, óleo e combustível; 
  • Luzes de sinalização; 
  • Módulo de injeção; 
  • Sistema elétrico.

Ao manter todos esses e outros projetos funcionando de maneira satisfatória, a chance de ocorrerem danos à estrada é minimizada.

Vale ressaltar que essa atitude ainda garante que os proprietários tenham economia. Afinal, acidentes relacionados a falhas de componentes na estrada podem incorrer em custos que excedem as expectativas das inspeções preventivas e podem até reduzir os lucros obtidos com o transporte de mercadorias relacionadas.

3. Monitoramento remoto da frota 

Outra que podemos destacar que é muito eficaz para garantir a segurança do transporte de cargas será o monitoramento remoto da mesma. Para isso, podemos encontrar diversos sistemas de rastreamento no mercado.

O mais utilizado é baseado em transmissão via satélite e equipamentos GPS, que se combinam para monitorar a posição e o movimento de cada veículo. Isso permite que o gerente da frota rastreie o itinerário do caminhão em detalhes.

Se houver algum problema que faça com que o veículo pare ou mude sua rota, o sistema executará alertas de status de transporte e comunicações remotas. Além disso, essa tecnologia permite obter outros benefícios que contribuem para a segurança do trabalho. Podemos citar:

  • Equipamento com alarme de pânico; 
  • Adaptação de câmeras de segurança embutidas; 
  • Sistema de travamento da porta do porta-malas e da cabine do passageiro; 
  • Controle remoto de ignição, apenas no caso; 
  • Monitorar a movimentação da frota por meio de uma plataforma online.

4. Cheque o peso dos volumes transportados

Os acidentes e inconvenientes envolvendo o transporte de cargas muitas vezes são causados ​​por negligência do gestor da frota. Fatores como falta de planejamento e investimento suficiente podem causar grandes problemas no futuro. Nesse sentido, um desses obstáculos é a impossibilidade de determinar o peso da mercadoria transportada.

Essa atitude deve ser evitada, pois transportar uma carga que ultrapasse a capacidade do veículo aumentará a chance de danos às mercadorias e até mesmo acidentes na estrada, colocando em risco a segurança da carga e do motorista. Portanto, sempre que planejar um novo serviço, verifique esta medida.

5. Invista em treinamentos 

O motorista está diretamente envolvido no transporte de mercadorias. Eles são responsáveis ​​por diversos negócios envolvendo transporte de cargas e logística. Portanto, esses trabalhadores devem saber lidar com as adversidades que podem surgir em tais atividades.

Para isso, uma medida importante é a realização de treinamentos regulares para os motoristas, incluindo métodos como segurança no transporte de cargas e manutenção de caminhões. Com a adoção desses procedimentos de segurança, bons resultados podem ser alcançados em termos de produtividade e eficiência da frota de caminhões.

Essas são as principais medidas para garantir a segurança no transporte de cargas. Vale ressaltar que, investindo em alguns procedimentos e estratégias, é possível alcançar resultados significativos e minimizar erros e frustrações.

Nesse tema, é válido ressaltar a importância de investir em bons caminhões de alta qualidade com o objetivo de aumentar a segurança dentro do transporte. E se você deseja investir em segurança, faça  Cursos Online de direção defensiva.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X