5 dicas para aumentar a produtividade e conquistar mais clientes

5 dicas para aumentar a produtividade e conquistar mais clientes

A produtividade se refere a um dos principais pilares para qualquer empresa que deseja ter sucesso e melhorar seus fluxos e processos de trabalho.

Isso porque a produtividade é determinante para obter retorno de investimento e, consequentemente, lucro. 

Muitas pessoas confundem o conceito de produção com o de produtividade. Sim, se tratam de palavras que são sinônimas, mas, no mundo corporativo, elas possuem diferentes significados.

Produtividade se trata de uma relação entre a quantidade e qualidade do que é produzido em relação aos recursos – tempo, matéria-prima, equipe, dinheiro investido e obtido,e marketing. Já a produção é o resultado em quantidade, o processo de fabricação de um produto.

No ramo de vendas, o número de vendas realizadas no determinado período de tempo é muito importante para avaliar o nível de produção da empresa. Mas, quanto à produtividade, os resultados avaliados incluem a otimização dos processos, utilização das ferramentas e formas de ter ganho de tempo e dinheiro para produzir ainda mais.

Ou seja, no ramo corporativo, cada vez mais se olha o quanto dá para aumentar a produção utilizando menos recurso e em menos tempo.

Portanto, dando o conceito de forma resumida: produtividade se trata de minimizar recursos enquanto se há ganho de produção. 

Com métodos estratégicos, é possível realizar mudanças e testes dentro do sistema operacional de uma empresa visando esse aumento da produtividade. 

No entanto, é preciso ter cuidado para assumir riscos, avaliando a real possibilidade de crescimento e estratégias mais adequadas para cada setor, planejando as campanhas adequadamente, por exemplo.

Para fazer essas alterações operacionais e elaborar estratégias, é preciso ter informações sobre o mercado, a clientela, público-alvo e a maneira que a sua própria empresa funciona. 

Para isso, é certo que o aumento na produtividade de vendas melhora os resultados e avaliar todos os processos permite que haja uma otimização mais clara do que é feito e do que precisa ser otimizado.

Isso se trata de uma questão matemática, pois reduzindo os custos e mantendo ou até melhorando o número de produção, o lucro é maior.

Assim, os pilares da produtividade são:

  • Reduzir os custos;
  • Não desperdiçar;
  • Traçar metas;
  • Planejar e executar estratégias com embasamento;
  • Melhorar os resultados.

O que considerar para aumentar a produtividade?

Como foi dito anteriormente, para aumentar a produtividade é preciso tomar riscos e adequar os processos, mas não a ponto de comprometer o seu negócio. 

Isso não é algo tão simples de fazer, mas com o empenho, audácia e ferramentas corretas, é possível alcançar essas mudanças operacionais a fim de melhorar os números.

Uma dica fundamental para ter um resultado mais certeiro é construir um pipeline de vendas bem feito, sendo possível diminuir o tempo de experimentações e ter determinações mais assertivas quanto ao produto ou serviço oferecido pela empresa, bem como o caminho percorrido pelo cliente. 

Antes de prosseguir sobre como melhorar a produtividade e sua importância, alguns conceitos precisam ser melhor explicados.

Afinal, o que é um pipeline de vendas exatamente?

Também conhecido como “funil de vendas”, o pipeline é uma espécie de mapa, que contribui para um melhor desenho do fluxo e etapas que fazem parte do processo de vendas.

Portanto, cada negociação que passa pelo pipeline de vendas deve seguir essas diretrizes e acompanha um caminho a ser percorrido junto ao cliente, evidenciando em que estágio cada contato está. 

Ele também auxilia a identificar o comportamento do público, possibilitando otimizar os contatos feitos para efetivação de vendas, por exemplo.

Geralmente esse funil envolve todos os ciclos de uma venda, como negociações em aberto, evolução do trabalho, ciclo de vendas, entre outros.

Retornando a produtividade, essa ferramenta pode auxiliar na identificação de gargalos nos processos, tornando os contatos feitos pelo marketing e vendas mais efetivos.

Inclusive, para isso, existem quatro pilares muito importantes para que haja eficiência dentro de uma organização e todos devem ser considerados para a melhora dos resultados e da rotina. São eles:

  • Pessoas;
  • Processos;
  • Gestão;
  • Ferramentas.

As pessoas dizem respeito aos vendedores, clientes e colaboradores.

Os processos se tratam de departamentos como o jurídico, produção, financeiro, marketing e etc. 

Assim, para que se tenha uma boa gestão, é preciso alguém que assuma a responsabilidade de localizar oportunidades no mercado, planejar e medir os recursos, reparando em quais fatores a empresa precisa evoluir. 

Já sobre as ferramentas, é preciso ter uma atenção especial, porque se trata de tecnologias e equipamentos utilizados e como eles impactam na rotina. 

Isso porque, ao mesmo tempo que estão em constante evolução e contribuindo cada vez mais para o meio corporativo, é preciso haver uma adequação dos processos e treinamentos corretos para melhor uso dos maquinários, por exemplo. 

Mais ainda, é preciso identificar aquelas que melhor atendem a necessidade real da empresa.

Afinal, as ferramentas também são necessárias para obter informações dos processos da própria empresa quanto de seus clientes. 

Muitos processos do próprio pipeline de vendas podem ter maior eficiência se o empreendedor utilizar da tecnologia a seu favor, permitindo olhar de forma mais profunda para o negócio e melhorando o serviço.

Depois de explicar melhor o conceito de produtividade, o que deve ser levado em conta e dar um norte para as empresas conseguirem vender mais, aqui serão colocadas algumas dicas para o empreendedor obter melhores números, se mostrando referência no setor.

O que atrapalha a produtividade da equipe?

Antes de implementar novas práticas operacionais, aumentar investimentos e comprar novas ferramentas, é preciso que o empreendedor entenda a sua equipe, como ela funciona, o que a estimula e o que a desestimula.

Conhecer os colaboradores a fundo permite que o empreendedor localize e faça o diagnóstico de determinado problema mais rápido, bem como quais pessoas responderão melhor a determinados setores e projetos.

Assim, o gestor/empreendedor também precisa saber o que prejudica o foco dos colaboradores, seja individualmente e no âmbito coletivo.

A causa da falta de foco ou de desestímulo é diversa, podendo ser algum toque de telefone recorrente, conversas paralelas, sinal de internet ruim, mau funcionamento de computadores, qualidade de vida e etc.

Com isso, os fatores relacionados ao ambiente de trabalho e suas necessidades, cabe à equipe responsável pelo bem-estar identificar benefícios, melhorias e ferramentas para dar suporte aos profissionais e melhorar seu desempenho.

Por exemplo, pode acontecer de faltas serem recorrentes entre os colaboradores devido a problemas de saúde, que não são tratadas, o que pode ser melhorado ao oferecer um plano de saúde. 

Portanto, é de suma importância que o empreendedor conheça a sua própria equipe e consiga definir uma cultura organizacional interna e ferramentas que aportem os serviços realizados.

Dicas para melhorar a produtividade

Confira nos tópicos a seguir dicas e ferramentas que podem melhorar significativamente a produtividade de uma empresa.

Seguir um calendário

Manter um calendário de tarefas, projetos e eventos bem planejado pode aumentar significativamente a produtividade, pois organiza o dia, prioridades e ajuda a traçar o plano de metas e objetivos. 

Além disso, ter uma agenda organizada aumenta a capacidade de reconhecer prazos, andamento, prioridades e responsáveis por cada etapa de um processo, proporcionando uma identificação rápida da produção – mantendo-a em dia.

Mais ainda, um calendário propicia reconhecer os tempos de folga dos colaboradores e mantê-los com energia, disposição e foco total na produtividade da empresa, evitando um possível desgaste da equipe. 

Com um calendário bem feito e seguido, pode-se seguir um cronograma e calcular o tempo gasto em determinadas atividades e otimizar as produções que precisam acontecer, distribuindo melhor as tarefas, tanto com colaboradores quanto com fornecedores. 

Hierarquia de prioridades

Hierarquizar prioridades garante que o trabalho mais importante seja feito primeiro e que aquelas que demandam tempo e atenção nos horários de melhor rendimento, propiciando, mais uma vez, o respeito dos prazos e reduzindo prejuízos. 

A lista de prioridades pode sofrer alterações conforme as demandas vão chegando e, por isso, devem ser revisadas diariamente, preferencialmente antes de começar o trabalho. 

Utilização de ferramentas

Como foi falado anteriormente sobre as ferramentas e as tecnologias, é importante utilizá-las para que o empreendedor tenha estratégias adequadas de anúncio e vendas, além de tornar a rotina mais dinâmica e fácil de gerir.

Por meio de ferramentas tecnológicas é possível identificar o público-alvo e qual é o seu comportamento. 

Informações como essas podem ser grandes aliadas para promover determinado produto ou serviço, oferecer promoções e aumentar o número de clientes fiéis.

Em outras palavras, as ferramentas contribuem para que se faça um perfil dos clientes. 

Mas, não é apenas para isso que elas podem ter serventia. Assinar documentos digitalmente, realizar videoconferências e outras atividades que dizem respeito à organização e operação também podem ser feitas por meio de ferramentas e softwares, demandando uma atenção na escolha daquelas que atenderão cada segmento do negócio.

CRM

Por falar em ferramentas, existe uma entre elas que se mostra uma das principais para melhorar os fluxos de vendas e atendimento ao público.

Essas características se referem ao CRM, que consiste em um sistema que dá ao empreendedor informações e caminhos para melhorar a sua relação com o cliente e ter um melhor controle sobre os canais de atendimento e sua eficácia.

É justamente o CRM que dá informações comportamentais dos clientes, seja no site da empresa, para contratar algum negócio, ou nos contatos realizados por telefone e e-mail, além de possibilitar o registro de diversos dados que contribuem para um melhor desenho da persona.

Ou seja, ter uma ferramenta como essa contribui para a empresa mudar a sua forma de vender, identificar gargalos nas operações e otimizar processos de atendimento, venda e até na criação das campanhas de marketing.

Afinal, como mencionado, utilizar soluções de CRM ajuda a identificar público-alvo, melhorar a forma de promover o produto ou serviço vendido, tornando-o mais atrativo e aumentando o número de pedidos.

Aperfeiçoamento de leads

Ter leads de qualidade aumenta o aproveitamento do tempo trabalhado, trazendo gratificação à equipe de marketing e vendas.

Portanto, é preciso conciliar cada vez mais as metas e atividades desses setores, objetivando o resultado de qualidade e mais efetivo, ou seja, no retorno que aquele investimento precisa dar para o negócio ser sustentável. 

Por fim, ao criar campanhas de metas, atuar com benefícios, premiações, treinamentos e competições saudáveis, além de oferecer ferramentas adequadas, será muito vantajoso ao criar ainda mais engajamento e o senso de urgência da equipe, que atuará com mais afinco.

Com tudo isso, certamente a produtividade crescerá, assim como o lucro da empresa. 

Clientes cada vez mais fiéis comprarão aquele determinado serviço e o negócio será autosustentável, com uma equipe de excelência que conseguirá gerenciar sua própria rotina.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Top News Tech, site voltado para a veiculação de conteúdos ricos e relevantes para empresas de diversos nichos, bem como estratégias que contribuem para o desenvolvimento do negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *