Mercado de máquinas de cartão de crédito cresce no Brasil

Mercado de máquinas de cartão de crédito cresce no Brasil

A desculpa da falta de dinheiro na hora não tem sido mais usada pelas pessoas. Principalmente nos últimos anos, o pagamento eletrônico tem se tornado popular dentro de diferentes segmentos do mercado.

Seja em grandes negócios ou em lojas de rua, o mercado de máquinas de cartão de crédito cresce no Brasil e seu uso tem sido comum tanto para quem vende quanto para quem compra.

Os custos são mais favoráveis para quem possui sua própria empresa, fazendo com que as maquininhas ganhem cada vez mais espaço no meio.

Essa possibilidade fez com que diferentes empresas como Mercado Pago, Cielo, Moderninho, Sumup, Rede, Zoom Pay e tantas outras, pudessem crescer e movimentar grande parte da economia do país relacionada às vendas e compras.

Com isso, hoje trouxemos algumas informações a respeito do crescimento no uso das maquininhas de cartão e como esse mercado tem sido beneficiado pelo aumento da procura. Confira a seguir algumas informações:

Mercado de máquinas de cartão de crédito cresce no Brasil

Podemos observar que os números dos pagamentos realizados por máquinas de cartão tem crescido mais a cada ano.

Cerca de 32% dos pagamentos efetuados aqui no país são feitos por meios eletrônicos. É suposto que esse número aumentará para 60% em até 5 anos.

Do ano de 2018 para cá, os meios das transações pelo cartão de débito cresceram 13,6%, enquanto os pagamentos pelo cartão de crédito cresceram em 14,6%. Em cartões pré- pagos, o crescimento foi de 63% quando comparado ao ano de 2017.

Com números como esses, podemos observar que o mercado de máquinas de cartão de crédito só cresce no Brasil, e o nível de crescimento pode chegar até a dois dígitos a mais quando comparados a outros meios de pagamentos, conforme afirmam especialistas na área.

Como o crescimento deu início

A partir do momento em que uma empresa decidiu abrir capital de bolsa e obteve resultados incríveis financeiramente, expectativas foram criadas. Outras empresas passaram a arriscar nesse mercado, e começaram a investir dentro desse espaço.

Depois disso, outras grandes empresas passaram a lançar suas próprias maquininhas. O negócio consiste na venda dos aparelhos e não só dos aluguéis. Outras empresas preferem apenas oferecer a locação.

O lançamento de algumas empresas consistem em se destacar dentro do mercado com algumas funcionalidades extras. Além de aceitarem cartões de crédito e débito, a grande maioria das máquinas se conectam via Wi-fi, redes 3G ou 4G. Além disso, são tão portáteis quanto smartphones.

Esse crescimento de máquinas de cartão de crédito no Brasil é tão relativo quanto o crescimento dos microempreendedores. Quando mais empresas são abertas, mais meios de pagamentos são utilizados para facilitar as compras e vendas de produtos e materiais.

Todos os anos cerca de 180 mil novos microempreendedores são registrados, segundo informações da Serasa. Esse crescimento está relacionado com o avanço dos negócios e das possibilidades criadas independente do segmento a ser seguido.

Fim do monopólio? Entenda um pouco mais

Existe um certo tipo de concorrência quando se fala em bandeiras aceitas pelas maquininhas. Algumas empresas acabaram com a exclusividade das bandeiras dos cartões em suas máquinas.

Isso levou a outras empresas desfazerem contratos de exclusividade de determinadas bandeiras com as maquininhas de cartões.

O mercado das maquininhas ainda vai crescer muito mais no decorrer dos anos. Isso porque mais de 30% das transações já são feitas através de cartões de crédito e débito.

Com isso, podemos dizer que a grande maioria das empresas já estão aptas a garantirem o espaço no universo dos cartões.

É válido ressaltar que o setor das máquinas não deixa de crescer no Brasil, e isso tem movimentado cerca de R$1,3 trilhão de reais todos os anos.

As principais empresas desse setor estão entre: Cielo, Sumup, Rede, Getnet, Mercado Pago, Maquininha, iZettle, Payleven e Zoom Pay.

Outra informação importante e pertinente é o número de estabelecimentos que já utilizam as maquininhas no país, que chega a 5,1 milhões de lugares.

No ano passado, cerca de R$1,36 trilhão foi movimentado através desse setor.

A partir dessas informações, foi visto que inúmeros estabelecimentos e microempreendedores aderiram ao uso das maquininhas, e que o mercado de máquinas de cartão de crédito no Brasil só crescem cada vez mais.

Os benefícios são ótimos, visto que grande parte da população faz uso dos cartões e cada vez mais os pagamentos estão automatizados.

Pesquise sobre as melhores condições para o seu negócio e invista na maquininha de cartão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X